Diagnóstico de apneia

Para facilitar o diagnóstico de apneia obstrutiva, distúrbio caracterizado por paradas respiratórias durante o sono, o Instituto de Física (IF) da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveu um novo método que consiste em captar com um gravador de áudio os sons emitidos pelo paciente enquanto ele dorme (Physica Aon-line 25 de agosto de 2012).

Os sons são processados e medidos em decibéis por um computador e transformados em gráfico por um sistema chamado  Índice de Intervalos Temporais de Ronco. Intervalos entre roncos  maiores do que 
10 segundos e menores que 100 caracterizam parada total da respiração e apneia.

Atualmente, o diagnóstico é feito com um exame de polissonografia, em que o paciente precisa dormir em um hospital ou instituto especializado ligado a equipamentos de monitoramento, um procedimento com alto custo.

A nova técnica, desenvolvida pelos professores Adriano Alencar, do IF, e Geraldo Lorenzi-Filho, coordenador do Laboratório do Sono da Faculdade de Medicina da USP, foi testada em 17 pacientes e utilizada em pesquisas de fonoaudiologia.

About Autor

Conexão Home Care

Portal de Conteúdo e Informações da Atenção Domiciliar no Brasil.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: