Home Care entre as atividades que mais crescem

A assistência domiciliar está entre as atividades que mais crescem no setor de saúde desde 2012. Esta é a conclusão apresentada pela pesquisa CareerBuilder and Economic Modeling Specialists International, publicada pela EMSI. A EMSI é uma empresa americana provedora de dados do mercado de trabalho e ajuda as organizações a compreenderem a relação entre as economias, pessoas e trabalho.

De acordo com a pesquisa o segmento de home care e o de saúde como um todo tem resistido às crises e incertezas econômicas melhor do que outros segmentos da economia.

Desde 2012, cada um desses setores tem adicionado, pelo menos 45 mil postos de trabalho nos Estados Unidos, com serviços relacionados principalmente ao atendimento domiciliar, revelando o maior crescimento.

No ano passado, houve 49.530 novos postos de trabalho para cuidadores, enquanto o número de enfermeiros cresceu em 50.798. Já auxiliares de enfermagem e médicos juntos, somaram um crescimento total de 24.372 novos postos de trabalho.

No Brasil, dados do Ipea de 2013 revelam que a enfermagem ocupa a segunda posição em criação de postos de trabalho no país. Segundo a pesquisa a criação de postos de trabalho na área de Enfermagem apresentou crescimento significativo no período entre 2009 e 2012. A pesquisa do Instituto realiza um mapeamento sobre as ocupações de nível superior e de nível médio que mais geraram empregos no país.

Segundo o Ipea nas formações de nível superior, foi gerado, no período, um total de 304.317 postos de trabalho. Desses, 16,3% empregaram analistas de tecnologia da informação, profissão que registrou a maior expansão em termos de geração líquida de empregos. Os enfermeiros, em segundo lugar no ranking, registraram 9 a cada 100 contratações.

Para os profissionais de nível médio, foi gerado, no Brasil, um total de 402.490 postos de trabalho. As oito carreiras que mais geraram vagas foram responsáveis, em conjunto, por três em cada quatro contratações de técnicos, entre 2009 e 2012.

No mapa abaixo é possível comparar as regiões onde houve maior crescimento de oportunidades para os enfermeiros no Brasil. Pela pesquisa, o campo de trabalho para enfermeiros e afins é demandado em todo o país e parece ser relativamente mais promissor no Acre, na Bahia, no Espírito Santo, em Sergipe e no Tocantins, embora, em termos absolutos, o maior número de empregos gerados para estes profissionais esteja em São Paulo, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, na Bahia e no Rio Grande do Sul.

ranking_regiao

 

Especificamente sobre o segmento de Home Care, o Conexão vem desenvolvendo o Caderno de Indicadores da Assistência Médico-Domiciliar, iniciativa que pretende revelar a dimensão do setor entre outros dados e contribuir para o crescimento e aprimoramento das empresas e do setor de saúde como um todo.

Empresas de Home Care interessadas em conhecer e participar do projeto podem obter informações pelo email conexao@conexaohomecare.com

 

 

About Autor

Conexão Home Care

Portal de Conteúdo e Informações da Atenção Domiciliar no Brasil.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: