NEAD: Boas práticas em Desospitalização

No último dia 25 de maio o Núcleo Nacional das Empresas de Atenção Domiciliar (NEAD) lançou sua segunda edição do Caderno de Boas Práticas abordando como tema a Desospitalização. O Caderno de Boas Práticas é uma publicação de cunho técnico, voltada para o público envolvido na cadeia de serviços da Atenção Domiciliar – profissionais, empresas, fontes pagadoras, e busca divulgar e difundir os principais aspectos relativos aos temas que cada edição aborda.

Para o NEAD a principal razão de estar trazendo à tona este debate recai sobre o fato de que, se a realidade da Desospitalização já se faz presente no dia a dia de operadoras, hospitais e empresas de Atenção Domiciliar, as suas implicações, as restrições e dificuldades relacionadas ao tema ainda representam enorme desafio
ao setor.

É certo que se trata de matéria atual, que ocupa o topo da lista de preocupações de todos aqueles que se interessam pela Saúde Suplementar – quando o controle da despesa assistencial e a eficiência operacional estão na ordem do dia, a gestão dos custos hospitalares ganha maior relevância. É certo também que os méritos da Desospitalização já estão provados, seja por conta do controle da sinistralidade nas operadoras de planos de saúde, seja como ferramenta de gestão do parque de leitos nos hospitais gerais, seja pela possibilidade de garantir uma assistência mais adequada ao paciente de longa permanência, que poderá gozar do convívio dos seus, numa estrutura de cuidados mais afeita às suas necessidades, em casa.

Além de contar com a colaboração de reconhecidos profissionais da Atenção Domiciliar, o conteúdo editorial traz a visão das operadoras, com as contribuições de Ana Michela Lista Merchan (Omint) e de Rosana Margarete Freitas Vieira (Cemed Care); do hospital, com o enfermeiro Luciano Rodrigues de Oliveira (Sírio-Libanês) e jurídica, com o do Dr. André Gustavo Salvador Kauffman.

Confira. Clique aqui para baixar ou acesse www.neadsaude.org.br 

 

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: