Observatório Europeu lança estudo sobre Home Care

Para cada pessoa com mais de 65 anos na União Europeia de hoje, há quatro pessoas em idade de trabalhar, mas, até 2050, haverá apenas dois. A demanda por cuidados de longa duração, entre eles o atendimento domiciliar constitui uma parte significativa e aumentará inevitavelmente nas próximas décadas.

Apesar da importância do tema mesmo na Europa, a exemplo do Brasil, ainda faltam dados e informações comparativas sobre os cuidados em casa. Para contribuir com o tema, o Observatório Europeu de Políticas e Sistemas de Saúde, em parceria com a Organização Mundial da Saúde, lançou o estudo “Home Care em toda a Europa, estrutura atual e desafios para o futuro”, material que tenta preencher um pouco dessa lacuna através da análise política europeia atual em serviços de assistência domiciliar e estratégias nos país que compõem União Europeia.

A estrutura do atendimento domiciliar na Europa compõe uma gama de tópicos, incluindo as ligações entre os serviços sociais e os sistemas de saúde, os mecanismos de financiamento existentes, como prestadores de serviços particulares, o impacto da regulamentação governamental e os papéis desempenhados por cuidadores informais, compõe parcela desta complexa estrutura.

O estudo em questão fornece informações descritivas comparáveis em muitos aspectos das organização prestadoras, sobre o financiamento e prestação da assistência em si. É um texto que ajuda a enquadrar o debate que está em curso em todo o continente Europeu, além de contribuir para o desenvolvimento do Home Care no Brasil.

O estudo está disponível em inglês. Faça o Download.

About Autor

Conexão Home Care

Portal de Conteúdo e Informações da Atenção Domiciliar no Brasil.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: