Hospital Badim cria Núcleo de Tratamento da Obesidade Mórbida

Home Notícias Hospital Badim cria Núcleo de Tratamento da Obesidade Mórbida

Com investimentos em equipamentos e equipes especializadas, unidade tem expectativa de realizar 200 cirurgias em 2015

Depois de ampliar sua equipe de cirurgia bariátrica no primeiro semestre, o Hospital Badim (RJ) acaba de criar o NUTOM – Núcleo de Tratamento da Obesidade Mórbida. Chefiado pelo cirurgião geral e bariátrico Guilherme Cotta, o centro especializado tem o objetivo de oferecer toda estrutura necessária para o tratamento da obesidade mórbida e, cada vez mais, acolher e atender melhor o paciente. A expansão do serviço vem ao encontro do dado divulgado esta semana pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, que registrou um aumento de 10% no número de cirurgias bariátricas feitas no Brasil em 2014.

Com expectativa de realizar uma média de 200 cirurgias no ano de 2015, o ponto principal do núcleo, além de aumentar o número de pacientes, é oferecer um atendimento cada vez mais seguro para o obeso e para a equipe médica. Para isso, foram feitos novos investimentos na unidade, como a aquisição do bisturi Force Triad, que proporciona ao cirurgião mais confiança e segurança durante a operação; a implementação de sets de vídeolaparoscopia com resolução Full HD, possibilitando uma visão dos órgãos e tecidos mais nítida e mais semelhante à visão humana no ato da cirurgia; e a aquisição de caixas de instrumental cirúrgico exclusiva para a cirurgia bariátrica, facilitando a equipe durante o procedimento e tornando-o mais eficiente.

 

Equipe especializada

Além de ser um centro totalmente dedicado ao tratamento da obesidade mórbida, a equipe do NUTOM é especializada no procedimento e frequentemente treinada para o aprimoramento do serviço e do manuseio dos novos equipamentos. O coordenador do NUTOM sublinha que todos da equipe participam do treinamento: médicos, enfermeiros, anestesistas e demais profissionais de apoio, como nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas, essenciais para o tratamento do paciente. De acordo com Guilherme Cotta, o sucesso do tratamento envolve a dedicação e qualificação de profissionais de diversas áreas, desde o pré-operatório até a alta da paciente.

O médico sublinha que no NUTOM, o paciente tem o acompanhamento de cada especialidade durante todas as etapas no hospital, com conversas, consultas e visitas.  De acordo com o coordenador do núcleo, o tratamento não se resume apenas da realização da cirurgia. “O procedimento cirúrgico é um dos passos da caminhada por uma vida mais saudável. O acompanhamento é feito antes e durante a operação e para o resto da vida. É um projeto”, ressalta.

O NUTOM oferece ainda comodidade para o paciente que chega ao hospital. O ambulatório, a internação e o atendimento especializado fazem parte do núcleo. “O paciente não precisa sair da unidade para realizar consultas ou tratamento pós-operatório, por exemplo, pois tudo que ele precisa tem no núcleo. Trata-se de um centro integrado, onde todos os profissionais envolvidos são especializados e seguem os protocolos exigidos pela cirurgia bariátrica durante todo o processo de tratamento”, diz Cotta.

 

Sobre a equipe 

A equipe do Núcleo de Tratamento da Obesidade Mórbida, o NUTOM, do Hospital Badim  é coordenada pelo Cirurgião Geral e Bariátrico Guilherme Cotta. O médico, que atua há 14 anos na área, é membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e da International Federation for the Surgery of Obesity and Metabolic Disorders (IFSO).

Fazem parte da sua equipe NUTOM, os seguintes profissionais: Maria Virgínia Capotorto, clínica especializado em Cirurgia Bariátrica; Denise Boia, nutricionista; Icléia e Ana Maria Justo, psicólogas; Rafael Almeida, Alexandre Carvalho, Vanessa Saloes e Bruno Peer, anestesistas; Guilherme Nahoum, Paulo Roberto Liborio, Igor Fernandes, Andrea Bacon, Gabrielle David e Vitor Garcia, cirurgiões gerais; Maria Carolina Coelho e Ana Luisa MacDowell, endocrinologistas; Viviane Bastos e Samara Bastos, enfermeiras;

 

O Hospital Badim fica na R. São Francisco Xavier, 390, na Tijuca. Tel. (21)3978-6400.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.