Health by Conexão Home Care
Estratégias

Tendências para o Home Care em 2013

Terminadas as festividades de fim de ano, gestores e dirigentes já começam a colocar em prática seus planejamentos para o calendário 2013, recheados de estratégias, táticas e planos de ação, aproveitando-se das análises mercadológicas realizadas e identificadas na indústria para o período.

Uma coisa é certa, nos últimos cinco anos o mercado de passou por mudanças significativas e aqueles que estavam atentos às mudanças e oportunidades tiraram proveito da onda. Já para 2013 as tendências do mercado de têm na seu principal ponto de apoio, remodelando o comportamento do consumidor. E não é para menos, novas tecnologias surgem todos os dias.

Conheça algumas tendências para 2013, que devem ser analisadas pelo segmento de :

  • Assistência portátil

Recomendações sobre mobilidade valem, sobretudo, para o mercado da saúde e em especial para a assistência domiciliar. As empresas que superarem o desafio de adaptar os processos e a assistência na casa do paciente aos aparelhos móveis, de modo que tenham a mesma facilidade de acesso, navegação e interação com os personagens envolvidos, devem se destacar no cenário. Gestores buscam informações em tempo real. Já as famílias procuram ter em mãos informações sobre o contexto da assistência e condições do paciente.

  • Games e aplicativos

O poder de retenção, “viralização” e engajamento dos games sempre representou um enorme potencial para o marketing, mas esteve restrito ao relativamente pequeno universo daqueles que jogam games. Mas a oportunidade de associar a utilização de jogos à recuperação do paciente (em diferentes níveis – físico e psicológico), a popularização da internet, o lançamento do Nintendo Wii (que revolucionou o conceito de jogos eletrônicos, tornando-os simples e acessíveis para pessoas de todas as idades), a explosão das redes sociais e dos smartphones e tablets vem transformando os games como recurso perfeito para as empresas e marcas interagirem com seus potenciais consumidores e clientes. Cada vez mais esse tipo de tecnologia será utilizado como alternativa de assistência à manutenção e reabilitação da saúde e da qualidade de dos indivíduos.

  • Maior investimento em mídias sociais

Muitas investem pouco ou apenas o necessário em mídias sociais, em geral por desconhecimento da capacidade de retorno e das métricas capazes de medir este retorno. Segundo a E.Life, veremos um ano de empresas investindo bem mais em estratégias nesses meios, tanto em aspectos antigos, como atendimento ao consumidor, como no social commerce para tentar aumentar as vendas. No contexto da saúde, muitas organizações começam a identificar o valor das mídias sociais no relacionamento com o paciente e familiares.

  • Métricas darão lugar a indicadores de performance

Quem mexe com mídias sociais fica louco tentando conseguir boas métricas de suas ações, como número de curtis, retuítes e compartilhamentos. Sem falar nas horas gastas tentando entender o que tudo isso realmente significa. Para E.Life, esses dados são genéricos e não estão necessariamente ligados aos objetivos da empresa. Eles darão lugar aos KIPs (key performance indicadors ou indicadores-chave de performance). São perguntas que tentam analisar o desempenho da empresa nas mídias sociais – “como está a qualidade da assistência oferecida?” – e que acabam influenciando em mudanças e evolução do próprio negócio.

  • Atendimento ao cliente

Muitas empresas entraram no formato das mídias sociais pelo efeito pânico, para controlar algum tipo de crise. Porém, é preciso repensar esse atendimento e de como transformar problemas em resultados positivos. Algo que se tornará mais comum em 2013 será a ação de clientes tirando dúvidas de outros clientes por meio de fóruns ou comunidades, diminuindo, portanto os gastos da empresa.

Publicações relacionadas

Sistema de saúde é falho no cuidado do idoso

Conexão Home Care

ANS a favor da Assistência Domiciliar

Conexão Home Care

Time de Planejamento de Alta: Envolvimento das Equipes

Conexão Home Care

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está de acordo com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais.

Política de Cookies e Privacidade
error: Este conteúdo está protegido!!
%d bloggers like this: